Arquivo da tag: rabo

Naquela Tarde…

bici2

Naquela tarde, você me deu um pouco do seu corpo, com toda a suavidade da sua pele e o calor que saía dela; você me deixou tocar nos precipícios e nas dobras, explorar as partes mais recheadas e adentrar as cavidades mais inesperadas… naquela tarde, ao lado da sua bicicleta, você me mostrou por onde começaríamos a nossa história, que é tão grande e próspera quanto a imensidão do seu rabo…


Seu Rabo

Perco-me nos contornos indecentes do seu majestoso rabo e faço-me escravo dos seus caprichos só para poder acessar sua parte mais generosa, aquela que me faz respirar profundamente e que consola minha aflição cada vez que consigo entrar na maciez profunda que existe atrás de todas as curvas deliciosamente esculpidas para o meu desejo…