Antes de Você Chegar

Antes de você chegar, eu desenhava meus desejos no azulejo branco do banheiro, fazia as poses que iriam te seduzir e tentava atrair um pouco de tudo que um dia te encantar. Antes de você chegar, eram meus dedos que me lembravam do prazer intenso que você me traria, com o toque suave da sua língua e com o gosto de menta que inundaria meu corpo de dormência e espasmos fortuitos. Antes de você chegar, era eu quem brincava com meu corpo, em doses promíscuas de prazer e sacanagem, todas envoltas no cobertor da minha cama fria, que se aquecia com os pensamentos do seu corpo sobre o meu…

Não Diga Nada…

Não diga nada, apenas escute meus gemidos, sussurrados em doses promíscuas de prazer e pecado.

Não diga nada, apenas sinta meus toques mais perversos debaixo do seu corpo quente e molhado.

Não diga nada, apenas entre dentro de mim, como você costumava fazer naquelas noites em que desistia da sua decência e escolhia o caminho das minhas coxas para chegar em casa…

Seu Rabo

Perco-me nos contornos indecentes do seu majestoso rabo e faço-me escravo dos seus caprichos só para poder acessar sua parte mais generosa, aquela que me faz respirar profundamente e que consola minha aflição cada vez que consigo entrar na maciez profunda que existe atrás de todas as curvas deliciosamente esculpidas para o meu desejo…