Seu Olhar

olhar

E depois de tudo… A única coisa que lembro é do seu olhar. Do olhar sedutor, do olhar promíscuo, do olhar faminto. Desse olhar que me deixou constrangida… E “dormente”. Desse olhar que me fez entregar tudo o que eu não sabia que tinha para dar, mas dei. E daria mais toda vez que você me pedisse assim, com esse olhar fixo e obcecado. É esse olhar que busco nas minhas memórias toda vez que penso em você, o olhar de pedinte que me exige resposta e não admite negativas. Esse olhar que me invadiu por completo e que me deu outras possibilidades de amar. Amar sem medo de encarar o seu desejo, através do seu olhar maquiavélico e voraz. E se você me perguntar o que eu quero? Quero que você me olhe. Desse jeito… de novo.


Te Amo!

Te amo! É o que tenho vontade de dizer quando penso “nele”. Naquele abraço apertado que me aquece e me acomoda generosamente no seu peito. Ele, que me chama de puta e me olha com ternura quando me vê escovar os dentes. Ele, que está aí quando eu preciso e quando não preciso também, mas quero. Ele, que me deixa com vontade e que não me satisfaz sempre, só para me dar um gosto de quero mais. Ele, que me sufoca de tesão e que me estimula a ser mais. Ele, que me dá o que eu nem pedi. Ele que me quer mesmo com o cabelo despenteado e a depilação atrasada. Ele, que não se importa pelas futilidades do dia-a-dia e que não exige o conhecimento político-financeiro do cotidiano, mas que me faz ler mais do que eu necessitaria para me sentir culta. Ele, que me faz parir para perpetuar a nossa linhagem pelo Mundo. Ele, que me cheira inteira e sorri de satisfação. Ele, que é muito mais do que um amigo e um pouco menos que um amante. Ele, que consegue encontrar o equilíbrio perfeito entre os hemisférios norte e sul do meu corpo… para ele eu digo: Te amo!


Molhada

Molhada espero por seu toque. Molhada me contorço de prazer só de pensar na sua língua deslizando por todos os meus contornos e absorvendo os líquidos que saem do meu corpo em direção ao seu. Molhada me entrego para você, sem pudor, sem pressa, sem direção. Molhada, dou o melhor de mim, o meu espaço sagrado e o meu espaço restrito também. Molhada, sou completamente sua, de todas as formas e do jeito que você quiser…


Vontade de Você

casal2

Vontade de engolir você. De engolir suas dobras, suas curvas, seu eu. Vontade de você dentro de mim, da sua pele contra a minha, do cheiro do seu shampoo, do suor quente que escorre, da saliva que molha minha genitália, do pudor que você tem quando te olho assim, exposta. Vontade de engolir você, inteira…


Te espero

casalnu2

Te espero com braços abertos e mãos apertadas. Te espero com aflição entre minhas pernas e com gosto de saliva em excesso. Te espero nua, aberta, exposta. Te espero com vontade e espero que seja uma entrada devastadora. Mas espero também que seja demorado e que seja suave o beijo de amor que você vai me dar, bem ali, no meu espaço mais sagrado e mais escondido…


Meu Gozo

nuaporta

Meu gozo é mais molhado quando estou com você. É mais intenso e verdadeiro quando vem através do seu toque. Meu gozo se transforma em oração quando você me abençoa, vira música quando você me toca e escorre como uma cachoeira quando você, simplesmente, me olha. O gozo é meu e a culpa, é sua…


Ela disse não…

IMG_3285.PNG

Ela disse não… mas eu insisti. Ela disse “depois”, mas queria agora. Ela disse “devagar” e eu não quis esperar. Ela disse não de novo e depois  não disse mais nada. Só sorriu…