Linda

Entrei no quarto escuro e te vi deitada. Nua, linda, branca. Se tocava com cuidado e extrema aflição. Estava concentrada. Parecia nascer naquele momento. De dor e gozo se fez o riso. E você, envergada no silêncio do seu deleite se fazia plena em si, com o seu olhar de doação e entrega…

Como queria ter você aqui…

comoqueriatervocêaqui

Como queria ter você aqui… sentir seus braços ao redor do meu corpo, sua língua molhada nas minhas extremidades mais delicadas e seu calor invadindo todo espaço frio da minha alma sedenta pelo seu toque. Como queria ter você aqui dentro, penetrando fundo o espaço que grita por um pouco mais de você, em segundos que parecem ser eternos, em doses de prazer solitário, desejando você em cada gemido e em cada gota de gozo que vem com o seu nome…