Arquivo do mês: setembro 2018

“Gosto Doce”

suapele

Deslizo minhas mãos suaves pela sua pele seca até atingir a superfície molhada da sua boca, que renova minha vontade em continuar explorando suas curvas e suas dobras. Sinto o cheiro inebriante que sai dos seus poros, que me enlouquece e me instiga a continuar massageando cada centímetro do seu corpo. Por fim, saboreio o gosto doce que sai de você, que escorre pelas suas pernas e se mistura pecaminosamente na minha saliva. Escuto os gemidos propagados com sua voz rouca e aprecio a maravilha que é te ver contorcendo de prazer só com o toque da minha língua…