Ela…

casalnu2

Ela me disse não. Eu respeitei. Me disse depois que poderíamos tentar, sem pressa. Comecei devagar, atendendo seu pedido. Fui gentil e delicado, até o momento em que ela se abriu toda e se esqueceu quem era. E foi ali, nas interseções dos lençóis sujos e dos corpos amassados, que nos tornamos um só. Sem pudor, sem pecado, sem restrição…

Sobre Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa Ver todos os artigos de Cris Coelho

Uma resposta para “Ela…

Deixe uma resposta para Pequenos Delitos Renovados Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: