Seu Olhar

olhar

E depois de tudo… A única coisa que lembro é do seu olhar. Do olhar sedutor, do olhar promíscuo, do olhar faminto. Desse olhar que me deixou constrangida… E “dormente”. Desse olhar que me fez entregar tudo o que eu não sabia que tinha para dar, mas dei. E daria mais toda vez que você me pedisse assim, com esse olhar fixo e obcecado. É esse olhar que busco nas minhas memórias toda vez que penso em você, o olhar de pedinte que me exige resposta e não admite negativas. Esse olhar que me invadiu por completo e que me deu outras possibilidades de amar. Amar sem medo de encarar o seu desejo, através do seu olhar maquiavélico e voraz. E se você me perguntar o que eu quero? Quero que você me olhe. Desse jeito… de novo.

Sobre Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa Ver todos os artigos de Cris Coelho

3 respostas para “Seu Olhar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: