Arquivo do mês: junho 2014

Efêmero

mulherdormindo

O medo que existe não é de você, ou de mim. É o do amanhã que nos espera na esquina. Que torna efêmero todo gesto de conquista e prazer. O sexo com gosto de imoral só é imoral enquanto existem novos caminhos a serem explorados. E esses caminhos me levam a todos os cantos do seu corpo, beijando cada centrímetro mais indecente do seu espaço mais privado. Nas horas que antecedem o dia seguinte, não existem barreiras ou limitações para tudo que é passageiro. Mas sempre antes do dia amanhecer…

 


Tudo

sexy15

Tudo: é o que eu quero quando penso em você. Quando penso em nossos corpos nus, juntos. Sem nenhum pudor ou arrependimentos, só penso no momento em que vou poder explorar todos os seus contornos e engolir sua saliva mais íntima. Penso em tudo o que não posso dizer, mas que desejo ansiosamente fazer. Penso no vazio que tenho quando não estou ao seu lado, e que “tudo”, muitas vezes se resume somente ao som da sua voz… Quero tudo, e mais um pouco ainda. Quero ser doutrinada nas suas regras e me conter dentro delas. Mas quero não deixar em pensamento o que minha mente suja planeja para nós. Enquanto isso, vou de roupa buscar sua encomenda, para quando puder entregá-la, tirar e te dar tudo…