“Entre Aspas”

inquietude

Entre aspas escondo a minha sinceridade e deixo nas entrelinhas o que não posso dizer, mas posso fazer. E faço, com dois ou três dedos, dentro do abismo que existe entre a minha consciência e o meu desejo. Porque só mesmo entre aspas consigo me encontrar dentro de você de forma autêntica. E, entre aspas, posso me deliciar com o prazer pecaminoso que é entregar o que a minha mente suja arquitetou para o seu prazer, sem pudor em admitir que a minha desonra moral será completamente castigada na moldura limitante da sua cama sagrada. E se quero seu corpo mais profundamente do que jamais quis outro, o quero sem pressa e sem censura. Mas o quero entre aspas, despido e desnudo de toda a sua proteção, e entregue em meias verdades a serem contadas aos poucos… Entre aspas…

Sobre Cris Coelho

Eu sou um ser que odeia estereótipos, que não me classifico em nenhuma categoria sexual (homo, hétero ou afins) / não sigo nenhuma religião nem doutrina, apenas tenho fé e amor / não sou enquadrada em nenhum tipo "adequado" de padrão de sociedade. Sou escritora & Poetisa... Tenho 2 Marias que me acompanham sempre: Maria Scarlet (www.mariascarlet.com) & Maria Poeta (www.mariapoeta.com). Sou LIVRE! Ver todos os artigos de Cris Coelho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: