Arquivo do mês: fevereiro 2014

Organicamente Sua

Marie

À sua espera minhas mãos se molham de prazer e meus músculos se contorcem de aflição. Cada espaço e cada contorno do meu corpo se destacam para te dar o que há de melhor nele. Não existe nenhum toque que eu deseje mais do que o seu. Meu corpo se tornou sua morada desde que você o invadiu e o conquistou por completo. Cada profundidade do meu corpo se tornou rasa para satisfazer sua fúria e, cada espaço vazio, se alargou para acomodar sua ansiedade viril. Você se apossou de mim e me transformou. Hoje sou sua, “orgânicamente sua”…